Pesquisar

Categorias

Arquivos

Favoritos

Chakra do Coração

Lar é onde o Coração Está

.

.

Pedro Tornaghi

.

.

.

.

O chakra do coração é o cerne da receptividade e da aceitação. Um dos benefícios de mergulhar nas meditações que envolvem esse chakra é a possibilidade ou mesmo a facilidade de tornar-se uma pessoa cada vez mais receptiva. A palavra receptividade vem de recipiere – receber, acolher. Com esse chakra desenvolvido, revela-se uma capacidade natural de acolher toda sorte de contrariedades e você se sente emocionalmente acolhido pelo mundo. Quando harmonizado ele lhe dá a sensação de pertencer ao lugar onde você está pisando, ser amparado por uma “atmosfera espiritual” e “sustentado” pela força que organiza o Universo. O chakra do coração saudável leva você a acolher o outro e esse é um dos segredos da felicidade por ele gerada. Ele produz um vívido senso de companheirismo e sentimento de cumplicidade pelo próximo.

O seu quarto chakra é hospitaleiro também com você mesmo, nele você encontra o seu “lar”. Osho diz em seus discursos: “lar é onde o coração está”. Você se sente em casa quando o coração está presente. Na verdade, você se sente em casa “dentro” do seu coração, quando aprende a habitar o chakra cardíaco; quando passa a aceitar a infinita hospitalidade que ele tem em relação a você, a infinita hospitalidade que você carrega no centro do peito. Quando aprende a abrir mão da mente para confiar na hospitalidade do coração. Para conhecer a meditação precisamos, mesmo que por momentos, abrir mão de nossas mentes, mas não o fazemos por medo da morte, pressupondo que ficar sem pensar é perder o controle e que isso significaria a morte. E este medo da morte está ligado ao medo de ficar sozinho. Porém, você nunca irá se sentir sozinho se conhecer com intimidade seu chakra do coração. Em lugar de se sentir sozinho, irá sentir-se consigo mesmo, e integrado a todo o universo. Se você se sente sozinho, na verdade, é por estar afastado do seu quarto chakra.

O chakra do coração é um “telefone desocupado”. A mente é um telefone sempre ocupado. Há uma história tradicional sufi que fala do discípulo que foi reclamar com o mestre: “Mestre, eu tenho tentado de tantas maneiras, mas não consigo falar com Deus, como fazer?”, é quando o Mestre vira-se e sentencia: “em vez de me pedir o telefone de Deus, seria melhor você desocupar o seu telefone, pois Ele tenta ligar para você insistentemente, mas encontra sempre sua linha ocupada”. A mente é um telefone sempre ocupado. O coração é como um poderoso PABX para onde podem ligar 300 pessoas, sempre haverá uma linha disponível para acolher a quem chega.

A aceitação do chakra do coração não deve ser confundida com passividade. Ela é pura afabilidade, é uma capacidade de atender ao que vem do lado de fora, enquanto a passividade é resistir ao que vem de fora. A passividade é a habilidade de evitar estímulos enquanto a aceitação do quarto chakra é uma resposta plena e completa do estímulo que chega a você.

O acolhimento do quarto chakra começa por agasalhar a própria pessoa, o dono do chakra. Começa por abrigá-lo e ampará-lo. O primeiro a poder se refugiar em seu quarto chakra é você mesmo; ele lhe dá a capacidade de acolher ao outro sem que você perca o seu centro. Basta que você se lembre de que também pode se acolher nele.

Quando você entra em meditação está entrando no caminho do desconhecido; se você está buscando a meditação, está buscando algo que desconhece e não uma confirmação daquilo que conhece e, para que você possa entrar plenamente em uma área desconhecida, é melhor ter a aceitação e a confiança que esse chakra proporciona. A espiritualidade é algo que não se pode enxergar com os olhos costumeiros. É necessário estar receptivo para poder entrar em contato direto com ela; na verdade, é ela quem se contata com o seu ser, da forma e na medida em que é possível, na medida em que você permite. Esse é o sentido da aceitação e da receptividade para a experiência espiritual. A busca da espiritualidade consciente talvez dependa muito mais de uma atitude receptiva do que ativa. Meditação é, no fundo, a arte de saber aceitar integralmente. A realização espiritual já está aqui o tempo todo, não precisa ser buscada, mas “recebida”.

Meditação é entrar em contato com uma “contra-parte” sua. Essa “contra-parte” está sempre observando e testemunhando o que se passa, o que acontece com a sua “parte consciente”. Na meditação você tem a atitude de testemunhar a si mesmo, para entrar em sintonia com esta “contra-parte”. Para a meditação acontecer, é necessário ir aos poucos se tornando receptivo, e desta maneira estabelecer o contato com essa consciência que já existe em você.

E para você chegar aí e poder contar com a receptividade necessária, o caminho mais simples e curto é abrir, limpar e vitalizar o chakra do coração. A receptividade deste chakra é a mais democrática; ela está ao alcance de qualquer ser humano, por mais simples ou complexo que seja. Incluindo, é claro, eu e você.

.

.

Conheça o potencial do seu chakra do coração no curso:

Anahata Yoga – As Meditações do Chakra do Coração

Início 30 de janeiro
Duração: 4 meses
Informações e inscrições: 21 2508-8608
meditarsempre@gmail.com

Programa do Curso: http://pedrotornaghi.com.br/blogger/?page_id=88

.

.

Leia também:

A Poesia Mística e Amorosa de Rumi: http://pedrotornaghi.com.br/blogger/?page_id=595

Amor e Consciência: http://pedrotornaghi.com.br/blogger/?page_id=406

Amor & Atenção: http://pedrotornaghi.com.br/blogger/?page_id=981 

 

 

 

 

Share

192 Responses to Chakra do Coração

  • Nelma Suely de Faria:

    Lar é onde me sinto bem. Se o coração está bem, tudo à nossa volta está “maravilhoso”. O equilíbrio em nosso interior é super importante para seguirmos em frente.
    Obrigada por nos dar as dicas que precisamos ouvir e seguir.

  • thereza Toscano:

    Belas palavras, uma aula sobre o chacra principal do ser humano. Parabéns, isso nos ajuda muito, beijos, Thereza Toscano.

  • Maria de Lourdes G.Pedrosa:

    Muito obrigado caro Pedro,sempre muito bom compartilhar essa sabedoria, estamos na era do coração e tudo passa por ele.
    Chegaram até mim em ótima hora.
    Maria G. Pedrosa.

  • Adorei seu texto Tornaghi, valeu, meu carinho!!

  • loreta:

    No coração inicia o caminho para a liberdade. Gracias Pedro, pelas belas e inspiradoras palavras.

  • Durga Devi Dasi:

    Amigo, o coração é mesmo a sede e a casa onde habita nossa essência pura, e onde se perpetua nossa divindade como seres multidimensionais.Fico grata a você pelo que propõe seu amoroso trabalho, Namastê!

  • NIDY:

    Adoro ler essas mensagens.

  • Marcia Stela:

    Ok, obrigada ! Gostei muito de sua atenção comigo e de suas mensagens e meditações !

  • fernanda luiza:

    Belo texto entre outros que eu curto muito. Esse é especial porque você deixa clara a importância de abrirmos o chakra do coração. Achei super importante também a parte que concerne ao medo das pessoas de pararem de pensar. Observo muito como psicóloga junguiana como tanta gente morre de medo de parar de pensar quando, na verdade, é dando um stop e sentindo o telefone desocupar que atingimos o coração na sua plenitude. Namastê!

  • Helena Moreira:

    ___ Uma bela reflexão, nos faz pensar e ficar em paz conosco, com nosso espírito. oobrigada.

  • Maria Del Mônaco:

    Tenía muchas ganas de desarrollar un pequeño comentario para dar las gracias a # nombre de host para algunas de las recomendaciones increíble que usted está escribiendo en este sitio web. Mi mirada internet considerable hasta al final ha sido reconocido con sugerencias brillantes para el intercambio con mis invitados. Yo afirmaría que los visitantes del sitio son en realidad bastante suerte de existir en una comunidad maravillosa con la gente en circulación tantos con los principios muy beneficioso. Me siento muy afortunado de haber utilizado su página web completa, y esperamos muchas veces más brillante de leer aquí. Gracias de nuevo por todos los detalles.

  • Denise:

    Sempre necessário palavras que edificam o espírito. O meu coração está em Deus e, por isso, sempre apto a compartilhar!!!

  • TANIA:

    GRATIDÃO AMIGO PEDRO LINDA ESTA MENSAGEM, ACHEI LINDO ESTE TEXTO….BEIJOS NA ALMA.

  • lidia alves costa:

    Gostaria muito de entender os chakras, o que significam, me mande uma resposta concreta, por sua bondade…..me responda…

    Olá Lidia você encontra alguns artigos no blog que creio poderão suprir sua necessidade, confira na sessão artigos/chakras.
    Grande abraço,
    Pedro

  • Janayna M Sofia:

    Pedro suas palavras alegraram e trouxeram paz ao meu coração.
    Acredito que o amor me levará de volta ao lar.
    Obrigada pelas dicas.

  • eny alves de oliveira:

    Gostei do “TELEFONE DESOCUPADO”. Essa mensagem me chegou no momento em que eu não sabia o que fazer com meu coração “com a grande dor da perda”. E esse TELEFONE DESOCUPADO aquece a mente sofrida. Muito grata

  • eny alves de oliveira:

    ….gostei do TELEFONE DESOCUPADO. Essa mensagem me chegou no momento em que eu não sabia o que fazer com a dor da perda. A MENTE tem de se curvar a essa comunicação eficiente. Muito grata.

  • Deise Paulino Carone:

    Imensamente agradecida pela sua receptividade e descobrindo a importância do chakra do coração, através da meditação. NAMASTÊ

  • Sonia Regina Bianchi:

    Pedro..obrigada por tão belas palavras que me chegaram num momento de muita dor, li e reli o Chakra do Coração falou tudo que eu precisava, falou tudo de mim, da minha alma, do meu aprendizado, tenho muito que meditar e aprender, Namastê!

  • Eliette Marins:

    Lindo texto Pedro, você como sempre mexendo lá no fundo da nossa alma. Bom te rever!!!

  • Liz Igueiredo:

    Pedro,obrigada por suas palavras e sua sabedoria inundou o meu coração. É especial poder aprender com pessoas como você as maneiras de melhorarmos como pessoas. Muito agradecida estou. Liz

  • Rosalina Bortolotto:

    Gostaria de receber mensagens suas, pois minha alma, meu espirito está sedento de aprender mais e mais.
    Pois fiquei feliz em poder encontrar uma pessoa como você que tem disponibilidade em repassar para nós a tua experiência grata.

    Olá Rosalina,

    Obrigado pelas palavras gentis. Fico feliz por sua sede de aprender. No momento não temos como enviar todas as atualizações de mensagens do site para os que pedem, mas sugiro que você curta a página do blog no Facebook e passe a recebê-las todas em seu “feed de notícias” do Face. O endereço da página é https://www.facebook.com/pages/Pedro-Tornaghi/158638770921122

    Um grande abraço,

    Pedro

  • sandra zalcman:

    Gratidão…muita Luz e Paz. Namastê

  • MAGDA CARVALHO FERNANDES:

    Maravilhoso esse nosso reencontro! O contato com minha contra-parte ilumina e desperta a beleza da intimidade selvagem… Obrigada, meu querido! Bjs na alma do coração!!!!!!!!!!!!! Magda

  • MAGDA CARVALHO FERNANDES:

    Querido Pedro, maravilhoso esse nosso reencontro, depois de tantos anos! Muito obrigada por estimular a sintonia com a contra-parte, que me permite o despertar da iluminada essência selvagem… Beijos na alma do coração! Magda

    Oi Magda,
    Fico muito feliz de ter reencontrado você e vê-la em um movimento tão saudável de vida e de buscas.
    Um abraço carinhoso,
    Pedro

  • Natividade:

    Sim.Trabalhar a receptividade Pedro. Este é um exercício diário.”Ir aos poucos se tornando receptivo, e desta maneira estabelecer o contato com essa consciência que já existe em você”.
    A semente da consciência já está em nós. Por isso tanto movimento em nós. Alegria, alegria!

  • Valéria:

    Saber se conectar com nossa essência, ou melhor chegar até ela, é divino, seu texto nos leva a conhecê-la, nos tornarmos receptivos….gratidão
    Namastê

  • Neuza Maria Soares Alves:

    Que texto maravilhoso! Obrigada Pedro, por tão belos ensinamentos! Paz e Luz sempre!

  • Evanilde:

    Olá Pedro, quanto tempo se passou desde que você esteve em Presidente Prudente e tivemos o encontro curso na chácara, com um belo grupo e uma experiência maravilhosa, minhas arvorezinhas mudaram de nome, agora se chamam cabeça de Pedro lembra? Sempre que encontro pessoas daquele grupo comentamos com saudades.
    Pedro, agradeço muito pelas coisas boas que ouvi, li e ainda ouvirei de você, muita luz para você.
    Namastê.

    Obrigado pelo carinho Evanilde,
    Combinarei com a Arlete uma nova visita a Presidente Prudente em breve.
    Abraço Fraterno

  • tatiana:

    Amei o texto Pedro, muito obrigada!

  • Irenice Miranda Ramos e Lima:

    Excelente texto e muito apaziguador! Gratidão Pedro Tornaghi

  • edilene porto:

    Texto maravilhoso que enche os coraçoes aflitos de esperança. Meu coração é o meu melhor amigo.

  • Edilene Pinheiro Santos:

    Lindo texto …caiu como um balsamo em meu coração .

  • Maravilhoso texto, obrigado Pedro, fiquei muito feliz com esse nosso reencontro com tão pelas palavras. Quero agradecer pelas tantas coisas boas que ouvi. Que Deus continue iluminado seus caminhos, um grande abraço desse seu velho amigo.
    L.C.Bimbão

  • Ana Luiza Machado:

    Muito generoso da sua parte compartilhar essa maravilha com todos nós que tivemos a sorte de ler, muito obrigada caro amigo.

  • Cacá Mourthé:

    Pedro quando vai ter curso, não consegui saber .
    Bjo
    Cacá Mourthe

    Olá Cacá,

    Enviamos por e-mail para você.

    Abraço amigo

  • Suas palavras acolhedoras são bem-vindas e suaves como bálsamo, como orvalho…
    deixaram-me feliz. Obrigada.

  • aryadna satira da costa jules.:

    Muito obrigado de coração, suas palavras são como alívio em meu coração. Posso lhe chamar de Professor? Gratidão Pedro Tornaghi.

  • catia:

    Meu eterno carinho!
    Gostei mto da mensagem.

  • Carmem Cecília Magalhães:

    Amei a mensagem! Muito grata!

  • ODAIR BORGES DE SOUZA:

    Desejo receber material para estudos.

  • Alex Pereira Souza:

    Desejo informações sobre cursos e meditação.

    Grato

    Alex

    Olá Alex,

    O próximo curso será o “Anahata Yoga – As Meditações do Chakra do Coração”, você encontra a programação nesse link: http://pedrotornaghi.com.br/blogger/?page_id=88
    Enviei a programação também por e-mail para você.

    Atenciosamente,

    Helena Fischer
    Assistente do Pedro Tornaghi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>