Pesquisar

Categorias

Arquivos

Favoritos

Osho – Amar se Tornará a sua Natureza

 

Amar se Tornará a sua Natureza

.

Osho

.

 .

.

Pergunta a Osho:

“O que significa amar a si mesmo?”

Uma pessoa tem de começar não amando a si mesma… ´porque você não sabe quem você é. Quem você vai amar? Se começar a amar a si mesmo, você amará apenas o seu ego, que não é o seu eu, que é a sua falsa personalidade .

E quase todos amam sua personalidade, todos amam seu ego. Mesmo a mulher mais feia, se você lhe disser: “Como você é linda”, não se recusará a aceitar isso.

Ouvi contar: dois velhos se encontraram numa esquina. “Onde você esteve nestes dois últimos meses?” “Na prisão”, responde o segundo homem. “Na prisão? Como é possível?”, diz o primeiro homem. O segundo responde: “Bem, há dois meses eu estava parado numa esquina e uma linda garota apareceu correndo com um policial e disse: ‘Ele é o homem, oficial. Foi ele que me atacou’. E você sabe, eu me senti tão lisonjeado que admiti”.

Quantas coisas você tem admitido que sabe perfeitamente bem não serem verdadeiras? As pessoas dizem que você é tão amoroso, tão sincero, tão verdadeiro, tão lindo, tão honesto, e você nunca nega isso. Esse não é o amor sobre o qual tenho falado.

Sim, eu gostaria que você amasse a si mesmo, porque, a menos que você ame a si mesmo, não pode amar a ninguém mais. Você não sabe o que é o amor se não amar a si mesmo. Mas antes que possa amar a si mesmo, você tem de conhecer a si mesmo. Assim, amar é consequência; a meditação é primeiro passo.

E o milagre é que, se você meditar e lentamente sair de seu ego, sair de sua personalidade e conhecer seu verdadeiro ser, o amor virá por si mesmo. Você não precisa fazer nada, é um florescimento espontâneo. Mas ele floresce apenas num certo clima, e esse clima eu chamo de meditação.

Na atmosfera do silêncio, da não-mente, de nenhuma perturbação interior, de absoluta clareza, paz e silêncio, de repente você verá que milhares de flores se abriram dentro de você. E a fragrância delas é amor

Naturalmente, primeiro você amará a si mesmo, porque esse será o seu primeiro encontro. Primeiro você ficará consciente da fragrância que está surgindo em você e da luz que nasceu em você e da bênção que está banhando você. Então amar se tornará a sua natureza. Você amará muitos, você amará todos.

Na verdade, o que conhecemos em nossa ignorância é um relacionamento, e o que conhecemos em nossa consciência não é mais um relacionamento. Não é que eu ame você; é que eu sou amor. Você tem de entender a diferença.

Quando você diz “eu amo você”, e os outros? E a existência toda? Quanto mais estreito for o seu amor, mais pressionado será. Sua asas são cortadas; não pode voar ao céu em direção ao sol; não tem liberdade; quase está numa gaiola dourada. A gaiola é linda, mas dentro da gaiola o pássaro não é o mesmo que você vê no céu abrindo as asas.

O amor tem de se tornar não um relacionamento, não um estreitamento, mas um alargamento. O amor tem de se tornar sua própria qualidade, seu próprio caráter, seu próprio ser, sua radiância. Assim como o sol não irradia luz para alguém em especial, sem endereçar, a meditação irradia amor sem endereço.

Obviamente, primeiro ele é sentido dentro de você mesmo, para você mesmo, e então começa a irradiar por todos os lados. Então você não só ama os seres humanos; você ama as árvores, ama os pássaros, você simplesmente ama; você é amor.

 

Osho – “Religiosidade é Diferente de Religião”

.

.

Participe do curso:

Anahata Yoga – As Meditações do Chakra do Coração

Início 30 de janeiro de 2016
Duração: 4 meses
Informações e inscrições: 21 2508-8608
meditarsempre@gmail.com

http://pedrotornaghi.com.br/blogger/?page_id=88

.

.

.

Leia Também:

Amor & Consciência: http://pedrotornaghi.com.br/blogger/?page_id=406

O Chakra do Coração: http://pedrotornaghi.com.br/blogger/?page_id=294

A Poesia Amorosa e Mística de Rumi: http://pedrotornaghi.com.br/blogger/?page_id=595

.

Share

16 Responses to Osho – Amar se Tornará a sua Natureza

  • Suely Nach:

    Adoro e leio Osho…

  • Ler este artigo me ajudou, pois como todos tenho os meus medos e luto por me sentir auto suficiente; e ninguém o é.

  • cleide donin carrazedo:

    Amei !! Achei que só Deus pode conceder a sabedoria ao ser humano para conseguir alcançar este nível de conhecimento sobre a vida. Tenho certeza que isso ajuda muito as pessoas e que é necessário terapia para que consigamos nos encontrar com o nosso eu interior. Estou amando ler essas mensagens elas são muito sábias. Obrigada!!!!

  • Reinaldo Cantanhêde Lima:

    Interessantes os escritos, obrigado pela oportunidade de ler e entender, não só os escritos das linhas como as entrelinhas, ficaram explícitas embora não implícitas. Parabéns pelo estilo e pelo tema e pela condução do raciocínio, para mim foi muito compreensivel. Abraços. Reinaldo Cantanhêde Lima

  • Maria das graças calheiros:

    Gostei do artigo são ensinamentos ricos e de valor maior. Obrigada.

  • Este teu post veio num momento muito oportuno, Pedro. Tive hoje uma conversa com minha filha sobre medo e amor.
    Leitura esclarecedora. Os textos do Osho são sábios.
    Obrigada.

  • Maria de Fatima Aredes Azevedo:

    Adoro poder compartilhar com outras pessoas tudo sobre sabedoria, amor e gratidão, e tudo sobre a vida cotidiana. Admiro Osho, e adoraria ter sempre mensagens positivas , para dividir conhecimentos. Muito obrigado……….Para sermos felizes temos que dar e receber, recebo de vocês e distribuo com outros .. bjus

  • Nise tavares:

    Pedro,
    Adorei seu artigo, como meditante há muitos anos, pude sentir grande sintonia com suas palavras. Tenho a meditação como um prolongamento dos meus dias e, assim, assumo que a meditação me torna uma pessoa mais comunicativa e isso retorna para mim, como uma pessoa mais querida, mais integrada em minha vida, dando mais atenção aos outros e distribuindo mais alegria às pessoas no meu convívio!!!! Como tenho uma família muito numerosa, é possível perceber o que falei……..
    Já tenho netos que às vezes meditam comigo e é tudo feito de uma maneira delicada, sem pressão……..
    Espero, poder acessar mais vezes seus artigos!!!!!!!!!!!
    Grande abraço,
    Nise Tavares
    08 de fevereiro de 2012 às 16 hrs

  • ANDRE GIALLUISI:

    Acredito que o oriente tem muito a dar para o ocidente, como o ocidente tem muito a dar para o oriente. De certa forma pode-se dizer que assim encontraremos -o que Buda pregava – o caminho do meio.

  • ANDRE GIALLUISI:

    ACREDITO QUE O ORIENTE PODE MUITO DAR AO OCIDENTE ASSIM COMO O OCIDENTE PODE MUITO DAR PARA O ORIENTE. DE CERTA FORMA, ENCONTRARÍAMOS – COMO BUDA PREGAVA – O CAMINHO DO MEIO.

  • Carmen:

    Querido, Pedro!
    Que alegria poder ler seu artigos! A paz e a sabedoria que eles transmitem é imensurável.
    Muito obrigada!
    Carmen

  • Ana:

    Obrigada Pedro por partilhares estas sábias palavras

  • Constantemente em busca de mim, para me tornar um pessoa melhor e mais útil em prol do próximo.

  • Angela Primo:

    Amei! Esclarecedor,,,,,, grata!

  • VERA:

    I NEVER MET OSHO, BUT I FELT HIS PRESENCE IN POONA, HIS ASHRAM, A WONDERFUL PLACE TO VISIT.

  • isabela:

    Nossa achei muito legal esse mundo da meditação, a gente aprendi muita coisa, olha gostei :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>